Avanços na automação cambial diminuem as dificuldades nas operações de tesouraria

Este artigo foi escrito por Tod Van Nome, diretor global de FX Electronic Trading da Bloomberg.

A automação de workflow está permitindo que tesoureiros corporativos otimizem suas operações e se beneficiem de maior eficiência e redução de custos. No entanto, embora software especializado esteja fornecendo aos tesoureiros visibilidade total das transações, alguns processos importantes ainda estão sendo executados manualmente.

Um destes processos manuais é o trading cambial, no qual a automação encontrou menos tração entre os tesoureiros, que muitas vezes estão presos a sistemas antigos e defasados que não oferecem interoperabilidade suficiente com outras plataformas de workflow digital.

Ignorar a automação, no entanto, em uma parte tão vital das atividades financeiras de uma empresa, estabelece um impasse desnecessário e dispendioso em suas operações do dia-a-dia.

Quer otimizar a sua tesouraria? Fale com um especialista

Economizando dinheiro e tempo na gestão de moedas

Trading pode ocupar muito do tempo de um tesoureiro, mas é indispensável para empresas que compram e vendem produtos no exterior, têm subsidiárias estrangeiras ou possuem ações e matérias-primas em outras jurisdições. Eles negociam em diferentes moedas e protegem estas posições contra a volatilidade nos mercados de câmbio.

Tradicionalmente, as diversas exposições cambiais da empresa seriam gerenciadas localmente por seus diferentes centros de custo no exterior. A automação, no entanto, pode oferecer visibilidade centralizada, permitindo a execução destas exposições em conjunto e eliminando a necessidade de pagar spreads em transações individuais.

Ao condensar em minutos um processo que pode levar horas para ser concluído, a digitalização também economiza tempo, que pode ser melhor aplicado em tarefas mais lucrativas. Plataformas de negociação eletrônica podem comprimir o processo em um workflow consistente e instantâneo baseado em ferramentas sofisticadas de execução, contabilidade e relatórios.

Acessando pools com muita liquidez

É impossível negociar sem uma contraparte, e encontrar uma tradicionalmente exigia uma bateria de chamadas telefônicas para bancos e outros provedores de liquidez. Esta tarefa laboriosa impõe enormes limitações; traders podem gastar tanto tempo buscando o melhor preço que correm o risco de perder qualquer vantagem de mercado que poderiam ter quando começaram a avaliação, além de dinheiro, quando finalmente negociarem.

Para uma solução eficiente, as plataformas de comércio eletrônico podem fornecer preços de vários provedores de liquidez simultaneamente para ajudar os tesoureiros a encontrar instantaneamente uma contraparte adequada à sua estratégia de negociação. A plataforma de negociação eletrônica FXGO da Bloomberg, por exemplo, replica o processo manual em formato digital, e o faz com mais de 350 bancos – fornecendo aos profissionais de tesouraria um profundo pool de liquidez a fim de obter o melhor preço em um único sistema integrado.

Também há a questão da boa comunicação. Enquanto quase todos os sistemas digitais incorporam uma plataforma de mensagens que permite que os traders executem e compartilhem informações negociáveis, alguns podem ser configurados para agir sobre o conteúdo destas interações. Para a equipe de câmbio de um departamento de tesouraria, que antes dependeria de anotações manuais e sistemas de registro díspares para registrar tais informações, um sistema de mensagens que suporte execução, integração e acompanhamento reduz substancialmente o risco de orientações equivocadas ou perda de pistas potencialmente lucrativas.

A funcionalidade de chat de FXGO, por exemplo, pode ser copiada para coletar dados acionáveis. Funciona de forma semelhante em conversas telefônicas, examinando-as em busca de afirmações de negociações por voz que possam ter sido perdidas pelos participantes. Ao automatizar o processo e integrá-lo ao sistema comercial geral, tesoureiros podem obter uma supervisão mais ampla sobre as atividades de suas equipes, monitorar melhor seus mercados e reduzir o risco de erro humano no processamento de ordens.

O ambiente regulatório está em um de seus estados periódicos de fluxo, com novas regras operacionais sendo introduzidas a cada ano. Acompanhar estas alterações tornou-se ainda mais vital para os tesoureiros, uma vez que as penalidades por não-conformidade aumentaram substancialmente nos últimos anos. Isso fez da tesouraria a guardiã da situação legal e saúde financeira de suas corporações.

A incorporação da conformidade de due diligence em workflows de negociação pode alcançar eficiências consideráveis ao automatizar os procedimentos de compliance destas demandas em constante mudança. FXGO pode monitorar mudanças nas obrigações regulatórias setoriais e jurisdicionais específicas de um cliente e aplicar seus requisitos operacionais de forma transparente ao processo de negociação completo. Isso significa que tesoureiros podem dar continuidade a suas estratégias de hedge sem medo de interrupções, independente da frequência das alterações no horizonte regulatório.

O custo elevado de não fazer nada

Concentrar a jornada de trading em uma única plataforma – desde a descoberta de preços até a execução e relatórios pós-mercado – significa que tesoureiros têm um grau de visibilidade sobre as atividades financeiras de suas empresas que os workflows manuais jamais poderiam oferecer. Embora o salto tecnológico necessário para esta transição possa parecer intimidante, o custo da falta de ação pode ser quantificado não apenas em eficiências, mas também em dólares e centavos de oportunidades perdidas.

Agende uma demo.