Assessoria da Pimco dobra aposta em mercados emergentes

Por Ben Bartenstein.

 A festa das ações dos mercados emergentes pode estar apenas começando, mesmo após o salto de 82 por cento em dois anos.

A Research Affiliates, uma assessoria de gestoras de recursos como a Pacific Investment Management Co. (Pimco), afirma que as ações dos países em desenvolvimento produzirão retornos anuais médios reais de 6 por cento na próxima década, superando todas as outras classes de ativos.

Parece familiar, e é: a mesma empresa previu em fevereiro de 2016 que os mercados emergentes seriam o “negócio da década”.

Entre as demais classes de ativos que deverão ter desempenho destacado estão uma estratégia de compra alavancada na Europa, um índice de ações de mercados desenvolvidos da Europa, Australásia, Israel e Ásia e títulos locais de mercados emergentes.

Entre em contato conosco e assine nosso serviço Bloomberg Professional.