Bloomberg anuncia primeira negociação eletrônica de SOFR vs EFFR

A Bloomberg anunciou que a primeira negociação eletrônica de compressão de swap de base SOFR versus Taxa Efetiva de Fundos Federais (“EFFR”) foi executada no Bloomberg SEF (“BSEF”). Os participantes executaram com sucesso um swap compensado de 10 anos (igual e oposto a uma posição compensada original), usando solicitação de cotação por meio da ferramenta de negociação de listas da Bloomberg, BOLT, para atingir a compressão da posição original no CME, onde o swap foi compensado.

A Bloomberg oferece suporte para negociação com cupom, spread base e Valor Presente Líquido (NPV), permitindo aos clientes rebalancear carteiras de LIBOR para Taxas Livres de Risco. Esses fluxos de trabalho são complementados por análises de portfólio para calcular custos de margem, analisar risco da taxa básica e avaliar cenários hipotéticos, todos integrados ao BOLT.

Os clientes têm acesso à negociação de US$ SOFR eletronicamente desde 2018, juntamente com ofertas de produtos de Taxa Livre de Risco em outras moedas importantes, definidos para substituir a LIBOR como padrão de mercado.

“A transição da LIBOR requer um esforço sincronizado, que é essencial para um sistema financeiro sólido e resiliente”, disse Steven Doherty, diretor de investimentos públicos da Northwestern Mutual. “Executar a primeira negociação eletrônica usando essa nova funcionalidade cria eficiências e apoia nossa meta de maximizar o retorno de investimento de longo prazo para nossos segurados, enquanto mantemos nossa insuperável força financeira.”

“A transição da LIBOR é uma das mudanças mais importantes no mercado de taxas e câmbio hoje. A equipe de vendas e negociação da Wells Fargo continuará dedicada a apoiar essa evolução crítica para nossos clientes, incluindo o fornecimento de soluções de tecnologia para a execução eficiente de riscos SOFR”, disse James Wang, chefe global de Institutional Interest Rates & Foreign Exchange Sales da Wells Fargo.

“Ser o primeiro a comercializar com nossa oferta de compressão SOFR é uma demonstração clara do compromisso da Bloomberg em apoiar os participantes do mercado que buscam gerenciar sua exposição ao IBOR”, disse Nicholas Bean, chefe de Electronic Trading Solutions da Bloomberg. “Os clientes que negociam na Bloomberg continuam a ter acesso a uma grande liquidez juntamente com as eficiências pós-negociação que vêm com a execução eletrônica.”

“Compression is a crucial tool for clearing market participants, and this ability in SOFR versus EFFR negotiations is of particular importance for our clearing members who are looking to increase operational and capital efficiency,” said Sunil Cutinho, president of CME Clearing. “We are pleased to offer this to customers through services like Bloomberg’s SEF and BOLT.”

The BSEF offers its participants electronic trades for CDS, IRS and FX derivatives made with the technology behind Bloomberg’s trading platforms, which are used by more than 1,000 global institutions today.

 

Agende uma demo.