Como dar maior agilidade e segurança para o processo de zeragem

Automação de fluxos e plataforma de gestão de execução são algumas das medidas para acelerar a zeragem.

O aprimoramento da gestão de riscos e medidas de compliance são uma busca constante do front office do trading. As decisões precisam ser tomadas com rapidez e assertividade. Para isso, o trading depende de dados em tempo real e de ferramentas que automatizem os processos para que os fluxos sejam realizados com maior segurança e agilidade.

Um exemplo disso é o fluxo de zeragem das ordens de execução de forma automática para evitar exposição ao risco para o cliente e a instituição financeira.

A zeragem automática é uma medida de gestão de risco adotada pelo pós-trading para o encerramento compulsório de operações no day trade.

Automação de fluxos e plataforma de gestão de execução são algumas das medidas para acelerar a zeragem.

O aprimoramento da gestão de riscos e medidas de compliance são uma busca constante do front office do trading. As decisões precisam ser tomadas com rapidez e assertividade. Para isso, o trading depende de dados em tempo real e de ferramentas que automatizem os processos para que os fluxos sejam realizados com maior segurança e agilidade.

Um exemplo disso é o fluxo de zeragem das ordens de execução de forma automática para evitar exposição ao risco para o cliente e a instituição financeira.

A zeragem automática é uma medida de gestão de risco adotada pelo pós-trading para o encerramento compulsório de operações no day trade.

Como acelerar a transformação digital do front office  Acesse o relatório

Esse processo acontece quando o cliente ultrapassa o seu limite de garantia. Caso a zeragem não seja feita, há perdas financeiras para o investidor.

Para ter informação rapidamente sobre operações que precisam ser zeradas, o ideal é que os fluxos do trading estejam automatizados e conectados. Essa integração pode ser por meio de uma plataforma de negociação e execução eletrônica.

Uma das tecnologias que a Bloomberg oferece que pode ajudar instituições financeiras no processo de zeragem automática é a solução EMSX (Execution Management System), uma plataforma neutra multiativos que integra dados do Terminal Bloomberg sobre bolsas e corretoras com suas ordens de negociação.

Essa solução conta com um ambiente de testes em que o cliente pode validar a estratégia desenvolvida para zeragem automática de forma rápida e prática.

Os profissionais de trading criam regras; a tecnologia faz o roteamento, disparando a operação automaticamente. As ordens entram no book dos traders e a zeragem acontece automaticamente.

Com esse processo automatizado, são eliminados erros e inconsistência de informação, e o pós-trading consegue mitigar riscos, melhorando a eficiência operacional dos negócios.

A automação do fluxo de zeragem deve fazer parte das estratégias de gestão de risco unificada do front office por meio de plataformas digitais para operações em conformidade com as regras do mercado. Essas tecnologias possibilitam monitorar em tempo real o atendimento dos requisitos de compliance durante todos os fluxos do trading.

Caso seja constatada alguma violação das regras de conformidade, os sistemas disparam alertas para que o pós-trading e as áreas de risco possam tomar decisões com antecedência. Desta forma, o front office evita erros, falhas humanas e multas pelos órgãos reguladores.

A Bloomberg conta com diversas soluções para ajudar sua instituição financeira a fazer a transição para a era digital. Para saber mais sobre a tecnologia que mais se adapta às necessidades do seu negócio, clique.

Agende uma demo.