Desafios e oportunidades do BNDES para 2019

No segundo BuySideForum da Bloomberg no Rio de Janeiro, o presidente do BNDES, Dr. Joaquim Levy, abordou os desafios e oportunidades do banco para o ano de 2019.

Sua reconhecida trajetória e grande experiência, tanto em instituições públicas quanto privadas, serviram de base para promover uma discussão repleta de insights sobre a atual economia brasileira, os projetos do BNDES e como o banco está ajudando a desenvolver atividades para potencialmente gerar bons ativos para os profissionais do buy side investirem e obterem bons retornos.

Conheça as soluções integradas da Bloomberg para o buy side Saiba mais

Foram abordados temas variados, como o contexto da taxa Selic na mínima histórica com a TJLC acima da Selic, resultando em uma mudança profunda e estrutural do comportamento do mercado de uma maneira permanente; a estrutura a termo da taxa de juros se deslocando para baixo, uma alteração macro estrutural bastante persistente; e a recuperação do crédito puxada pelo crédito livre, onde entre 2015 e 2019 o crédito do BNDES caiu de 11,3% para 7% do PIB, enquanto os outros componentes do crédito direcionado caíram de 15,2% para 14,5% do PIB. Levy também comentou sobre a participação do BNDES nos campos da economia, infraestrutura, MPME, inovação e socioambiental.

Outro tópico abordado, um movimento que ocorre em paralelo e com a mudança na taxa de juros, foi o desenvolvimento e crescimento do mercado de capitais nos dois últimos anos, por conta do maior número de emissões de debêntures, que aumentou de 61 bilhões em 2016 para 140 bilhões em 2018. Levy também apresentou exemplos de projetos do BNDES em parceria com o mercado que envolviam energia eólica, hidroelétrica, PCH, transmissão e gás natural.

Em um painel com Geraldo Coelho, diretor de vendas para a América Latina na Bloomberg, Levy respondeu diversas perguntas sobre a relação do BNDES com a economia brasileira. Disponibilizamos abaixo os três melhores momentos do painel.

Agende uma demo.