Relações com investidores e perspectiva para 2019

O mundo das relações com investidores não é homogêneo. Os desafios específicos que os diretores de RI enfrentam diária, mensal, trimestral ou anualmente são definidos até certo ponto pelas especificidades da empresa que representam. Trata-se de uma companhia com grande valor de mercado e alcance global, na qual a função de RI (geralmente) tem retaguarda? Ou trata-se de uma companhia iniciante com valor ainda minúsculo e recursos internos ínfimos? Como é o histórico da empresa? Qual é o grau de diversificação da base de acionistas? Quantos analistas de bancos e corretoras cobrem a companhia?

Apesar dessas variações, todos os diretores de RI compartilham objetivos comuns: maximizar o preço da ação da companhia e diminuir a exposição da ação à volatilidade causada por movimentos influenciados pelas opiniões dos investidores sobre a companhia, o setor ou empresas comparáveis.

Atualmente, são empregadas duas estratégias principais para cumprir esta missão: a primeira é aprofundar o engajamento com quem já é acionista e a segunda é diversificar a base de acionistas.

Relações com investidores:
Perspectivas para 2019 Acesse o relatório

Por que focar em engajamento?

Quem já é acionista está familiarizado com a companhia, mas os diretores de RI não podem partir da premissa de que esse grupo de investidores tem uma visão completa e atual de toda a organização.

Decisões de comprar ações se baseiam em razões distintas e possuir ações não significa engajamento. O preço de aquisição da ação é um indicador quantificável, mas o preço-alvo almejado por aquele mesmo acionista — ou a resistência desse investidor a movimentos de perda — é desconhecido até o desinvestimento acontecer.

A rotatividade dos gestores de fundos de gestão ativa é grande e a pessoa que comprou a ação pode ter se desligado, levando consigo opiniões favoráveis em relação à empresa.

Sendo assim, o foco é construir engajamento para esticar o preço-alvo e reforçar a confiança dos investidores nas estratégias de longo prazo, de modo que fiquem mais resistentes a tombos de curto prazo ou mesmo à tentação apresentada pela valorização dos papéis.

Esses desafios exigem que os diretores de RI conheçam melhor sua base de acionistas para então poder adaptar o conteúdo às estratégias específicas de seus investidores.

As novas regras de diversificação

A abordagem de segmentação está mais importante para atingir outro importante objetivo de RI, a diversificação. Esse processo de diversificação é mais eficiente quando a comunicação é interessante, ou seja, profundamente alinhada com as estratégias de investimento dos acionistas.

Um relatório do BNY Mellon de 2017 concluiu que os diretores de RI estão migrando de táticas de diversificação geográfica para abordagens temáticas. O principal critério dos participantes do estudo para novos investidores era “estilo de investimento” e, em seguida, “possuir ativos de companhias similares”. Já o número de diretores de RI com intenção de focar em determinadas regiões geográficas para atrair novos investidores vem diminuindo.

Um grande grupo que recebe bastante atenção é o de investidores que priorizam questões ambientais, sociais e de governança (ESG, na sigla em inglês). Por exemplo, o número de usuários dos dados ESG do terminal Bloomberg quase triplicou nos últimos cinco anos, para 14.935. Isso significa muita liquidez potencial para empresas com profissionais de RI que são capazes de aplicar a narrativa de ESG à ação.

Embora o “custo” dos recursos de RI neste caso seja relativamente elevado, a “recompensa” pode ser considerável. Pesquisas sugerem que investidores que priorizam ESG têm características valiosas para as empresas: são investidores de longo prazo que geralmente não são tão sensíveis a oscilações de curto prazo no preço da ação.

Este relatório pretende mostrar aos diretores de RI as mudanças dessa função e também cobre questões urgentes, como falta de recursos, uso de novas tecnologias de comunicação digital e gestão da diversidade de gênero. O estudo mostra como a adoção de novas estratégias proativas pode levar a empresa e a área de RI a entregar desempenho superior.

Entre em contato conosco e assine nosso serviço Bloomberg Professional.

Agende uma demo.